top of page

Transtornos mentais mais frequentes

Atualizado: 26 de abr.



Transtorno Depressivo / Depressão

A depressão caracteriza-se por humor depressivo e/ou anedonia associados a outros sintomas, como diminuição da energia / fadiga, lentidão psicomotora, pensamentos e sentimentos negativistas, insônia, alterações no peso, sintomas físicos e disfunções sexuais e cognitivas. Para alguns com quadros de depressão leve, o funcionamento pode parecer normal, mas, na verdade, envolve um grande esforço para passar essa impressão.


Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG)

O transtorno de ansiedade generalizada (TAG) se caracteriza por uma preocupação excessiva, crônica, persistente, de difícil controle, que pode apresentar caráter recorrente e leva a prejuízos e estresse. No Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) é comum a presença de várias preocupações ao mesmo tempo e seus principais sintomas são a ansiedade e a preocupação desproporcionais aos eventos estressores.


Fobia / Ansiedade Social

Na ansiedade social ou fobia social o principal sintoma é o medo desproporcional às situações temidas. Neste caso, estamos falando de situações sociais, nas quais o indivíduo teme ser observado como diferente,julgado ou avaliado negativamente. Um sintoma comum na fobia/ansiedade social é a dificuldade em atividades em grupo, como comer, festas, apresentações de trabalho e atividades acadêmicas.


Transtorno de Pânico / Síndrome do Pânico

No transtorno de pânico o principal sintoma são os recorrentes ataques de pânico, crises súbitas e espontâneas de ansiedade e medo intensos, com duração geralmente de minutos a horas. Geralmente, à sensação de medo intenso do transtorno de pânico se somam despersonalização e/ou queixas físicas (palpitação, taquicardia, falta de ar, aperto no peito, tremor, sudorese, "mãos geladas", náusea, diarreia, vômito, tontura e sensação de desmaio.

Transtorno Afetivo Bipolar (TAB)

O transtorno afetivo bipolar (TAB) ou bipolaridade é uma doença em que se alternam episódios depressivos e episódios de mania ou hipomania. A hipomania ou mania é caracterizada por humor exaltado, aumento da auto estima, aumento da velocidade do pensamento, diminuição das horas de sono, impulsividade, excesso de energia, maior produtividade em algumas tarefas. Já a fase de depressão é caracterizada por tristeza, irritabilidade, apatia e anedonia.


Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC)

O TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) pode ser marcado pelas obsessões, compulsões ou ambos. As obsessões do TOC se caracterizam pela presença de imagens, impulsos ou pensamentos recorrentes e persistentes que são vivenciadas como intrusivas e indesejadas. Já compulsões do TOC são comportamentos repetitivos ou atos mentais que um indivíduo se sente compelido a executar em resposta a uma obsessão.


TDAH (Déficit de Atenção / Hiperatividade)

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) caracteriza-se por uma diminuição quantitativa da concentração e sintomas motores, como a inquietude e a impulsividade. Este transtorno possui grande impacto nas vidas acadêmica, ocupacional e social. O TDAH no adulto tende a se manifestar com diminuição ou mesmo supressão do componente hiperativo, mas mantendo sintomas de desatenção.


Esquizofrenia

A esquizofrenia é um transtorno caracterizado pela presença crônica e recorrente de sintomas psicóticos. Os delírios são, junto às alucinações, os principais sintomas na esquizofrenia. São falsas crenças fixas (isto é, resistentes a mudanças por mais que haja evidências do contrário). As alucinações na esquizofrenia são produções sensitivas na ausência de estímulo externo.


Transtorno de Personalidade Borderline

A principal queixa dos pacientes com Trasntorno de Personalidade Borderline é o sintoma de "vazio" Os pacientes com Transtorno Borderline têm baixa tolerância ao abandono. Algumas vezes pessoas com Transtorno de Personalidade Borderline, adotam comportamento de risco (jogo, uso de substâncias, etc.) e possuem dificuldade no controle dos impulsos, manifestando-se muitas vezes como automutilação ou tentativas de suicídio.


Transtornos do Impulso

A característica maior dos transtornos do impulso é a dificuldade em resistir a uma vontade de executar um ato perigoso para a própria pessoa ou para outros. Estão entre os transtornos do impulso: transtorno explosivo intermitente, impulso sexual, jogo patológico, compras compulsivas, amor e ciúme patológico, tricotilomania (impulso em arrancar fios de cabelo), dependência de internet, entre outros.


Transtorno de Estresse Pós Traumático (TEPT)

O Transtorno de Estresse pós Traumático (TEPT) caracterizado pelo início de sintomas após um trauma (violência física ou sexual, concreta ou ameaça). Manifesta-se com sintomas afetivos, cognitivos, somáticos e comportamentais. O principal sintoma, presente em todos os pacientes acometidos, é a revivescência do trauma, capaz de desencadear um processo intenso de estresse.


Compulsão Alimentar

A compulsão alimentar significa ingerir uma grande quantidade de alimento (maior do que a maioria dos indivíduos comeria) num curto intervalo de tempo. Vários diferentes tipos de alimentos podem ser ingeridos no episódio e alguns podem nem ser mastigados. A ocorrência de consumo excessivo de alimento deve ser acompanhada por uma sensação de falta de controle para ser considerada um episódio de compulsão alimentar.


Insônia

Os distúrbios de sono ou insônia são classificados na clínica psiquiátrica em secundários (causados por um distúrbio orgânico ou um transtorno psiquiátrico) ou em primários. Muitas queixas de insônia estão relacionadas ao fato do paciente dormir poucas horas por dia. No entanto, há pessoas que (naturalmente) têm uma necessidade menor de sono, além de uma má percepção do estado de sono.


Transtornos na gestação e puerpério (pós parto)

A gestação, parto e puerpério, são fatores de risco para nova ocorrência ou recaída de condições psiquiátricas pré-existente. É encontrada alta prevalência de transtornos de ansiedade e de humor em gestantes e puérperas, necessitando de cuidados específicos nesta fase da vida da mulher.


Transtornos na infância e adolescência

Toda criança ou adolescente precisa ser avaliada de forma minuciosa, pois acabam alterando de maneira normal o comportamento. Precisa ser traçado um limite até onde estas alterações de humor, por exemplo, são normais e irão ser automaticamente reguladas, e até onde necessitará de intervenção médica, para que não se agrave a ponto de atingir a fase adulta.



Se estiver sofrendo e/ou com prejuízos em alguma área da vida, procure auxílio de um psicólogo e/ou psiquiatra!


Viva Bem, Viva Zen!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page